O que é o ROI? O Retorno do Investimento

Tempo de leitura: 3 minutos

O que é, para que serve e como é que se otimiza o retorno sobre o investimento?

Você é um empreendedor que está iniciando o seu negócio? Você não pode perder este artigo.

Te contarei a história de Alberto, um empreendedor que decidiu perseguir o seu sonho mais almejado. Nem mais nem menos do que o de levar adiante o seu próprio empreendimento. Após selecionar cuidadosamente a atividade que desempenharia, alugou um local físico, contratação de seu pessoal, adquiriu a tecnologia necessária e pôs em marcha o seu negócio.

Após alguns meses de trabalho observou que a sua marca crescia em redes sociais, passou de interação e até mesmo aumentou suas vendas desenvolvendo diferentes estratégias de marketing digital, tais como:

  1. Campanha de Facebook
  2. Campanha de Instagram
  3. Elaboração de um blog

No entanto, seus rendimentos não eram os esperados, não obstante ter investido muito dinheiro. Depois de analisar vários problemas em sua estratégia de negócios, como uma força de vendas preocupada apenas por cumprir a quota fixada e pouca fidelização de seus clientes. Alberto se perguntou como saber se o investimento publicitário era eficaz. O que podemos expressar da seguinte forma: Qual das ações mencionadas lhe trazia mais benefícios? E se você Tinha chegado o momento de abandonar alguma e priorizar outra?

Pois bem, dando resposta às interrogações do empreendedor, hoje vamos nos concentrar em uma ferramenta útil para o presente e futuro do negócio de Alberto e do seu. Sim, claro, falamos do ROI!

O que é o ROI?

É uma medida que permite conhecer o desempenho de um investimento em ações comerciais e de marketing. Permitindo-nos avaliar quanto dinheiro nos gera cada euro investido em uma campanha. Sendo fundamental para analisar os cursos de ação a tomar a respeito de nossos planos atuais e futuros, ao permitir-nos observar que projetos são mais rentáveis e quais não.

Existem dois tipos de métricas que, por sua vez, contêm diferentes indicadores:

  1. Aquela ligada à marca, de que nos ocuparemos nas próximas entregas, tais como cliques, e “likes”. Permite medir os resultados das campanhas em termos de exposição, interesse e envolvimento.
  2. Que se concentra nos custos e proveitos monetários. Sendo o ROI é um indicador que emerge dela e sobre o qual aprofundaremos aqui.

Para isso, é importante considerar os seguintes componentes no momento de medir:

  1. Investimento
  2. Benefícios
  3. Prazo determinado
  4. Fórmula: ROI = [(Lucro – Investimento total) / Investimento total ] * 100

Como calcular o Retorno do Investimento?

Vamos aos exemplos

Suponha que Alberto em sua campanha de Facebook investiu 300 euros e obteve um lucro de 600 euros. Expresso na fórmula ficaria da seguinte forma:

ROI = [(600 € – 300 €) / 300 €] * 100 = 100%

Neste caso, o ROI foi de 100%, o que demonstraria que por cada euro investido obteve 2 euros, constituindo-se em uma estratégia mais bem sucedida e que deve se aprofundar. Agora, à análise anterior, precisamos além disso, os custos de investimento no salário do community manager que contratou, quem percebe habitualmente 1000 euros por mês; e destinou um total de 10 dias para realizar as tarefas de design, programação e publicação de vários posts em nossas redes -que, posteriormente, gerenciou Alberto. É Por isso que a fórmula acima temos acrescentado 333,33 euros em conceito de investimento, ficando da seguinte forma:

[(600 – 633,33) / 633,33] * 100 = -5,26%

Aqui podemos observar que o ROI real da campanha foi de -5,26%, caso em que Alberto deve analisar se é conveniente abandoná-la, ou mantê-la, se é que existe algum motivo de peso, para além do benefício econômico. Como poderia ser o caso de uma campanha que nos deu muita notoriedade.

O ROI não é tudo, mas ajuda! Como te falei anteriormente, em futuras entregas continuaremos a desenvolver a temática e, inclusive, abordaremos as métricas que permitem analisar o crescimento de sua marca.

Em sua experiência como empreendedor, você usa o ROI? Você faz uso de outros indicadores para seguir seus benefícios econômicos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *